Primeira publicação das taxas de juros compostas de Macau

25 de Fevereiro de 2021

Com vista à optimização do mecanismo de fixação das taxas de juros aplicáveis no mercado monetário de Macau, foram desenvolvidos, em 2020, pela Autoridade Monetária de Macau, trabalhos de compilação das taxas de juros compostas da Pataca e do Dólar de Hong Kong, aplicáveis aos bancos locais.

As taxas de juros compostas de Macau são as taxas de juros, a determinar com base no custo médio do capital do sector bancário de Macau, ou seja, as taxas de juros médias ponderadas de todos os passivos remunerados inscritos nas contas bancárias, incluindo os depósitos de clientes, depósitos interbancários, certificados de depósitos e outros instrumentos de dívida com juros, bem como os depósitos à ordem sem juros. Em 2020, as taxas de juro compostas da Pataca e do Dólar de Hong Kong decresceram de 0,87% e 1,80%, registadas no primeiro trimestre para 0,66% e 1,07%, reportadas ao quarto trimestre do mesmo ano, respectivamente. As correspondentes descidas cifraram-se em 21 pontos de base e 72 pontos de base, refletindo uma queda geral do custo do capital para os bancos de Macau.

A compilação e a publicação regular das taxas de juros compostas em Macau permitem ao sector financeiro dispor de informações relativas à evolução do custo do capital local, de modo a reforçar a gestão de risco associada às taxas de juros do sistema bancário. A Autoridade Monetária de Macau irá divulgar, no futuro, em cada trimestre, esta taxa de juro.

Última revisão: 2021-02-25 11:13:40