Apresentação da AMCM sobre os serviços denominados por “Easy Transfer” junto do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários Reforço do esclarecimento e comunicação antes do seu lançamento

10 de Novembro de 2021

A Autoridade Monetária de Macau (AMCM) apresentou hoje (dia 10), junto do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários, os serviços de transferência interbancária rápida de fundos de pequenos valores denominados por “Easy Transfer” que serão lançados no próximo mês, de modo a reforçar o intercâmbio entre as partes e recolher as opiniões da sociedade para aperfeiçoar os serviços em causa.

A Sessão de apresentação destinada ao Conselho Consultivo de Serviços Comunitários teve lugar no Complexo Comunitário de Seac Pai Van, tendo os representantes da AMCM apresentado os serviços denominados por “Easy Transfer” que serão lançados no próximo mês através do “Sistema de Pagamento Rápido”. A AMCM referiu que os serviços “Easy Transfer” contaram com a participação de 31 bancos de Macau, entre os quais, 11 bancos prestam serviços de transferência interbancária em tempo real durante 24 horas. Nos casos em que os bancos do ordenante e do beneficiário da transferência apoiem a transferência interbancária em tempo real denominada por “Easy Transfer”, a transferência poderá ser concluída dentro de 30 segundos, aumentando significativamente a eficácia da operação. Chama-se a atenção que a AMCM coordenou com os bancos que pelos serviços de transferência em tempo real denominados por “Easy Trasnfer” não será cobrada qualquer taxa, com o intuito de um melhor aperfeiçoamento da experiência de transferência interbancária.

A AMCM apontou que o limite máximo de cada transferência interbancária em tempo real por cada conta é de MOP5.000, enquanto o limite máximo díario se fixa em MOP10.000, sendo que a determinação do valor se baseia no equilíbrio entre a experiência dos utilizadores e a gestão de risco, tendo sido realizada uma consulta ao sector bancário de Macau. Nas situações em que os cidadãos e as empresas pretendam receber fundos através do “Easy Transfer”, devem registar o seu número de telemóvel através do banco “on-line”, “e-banking” ou balcões dos bancos, ou requerer o Código de “FPS ID” junto dos bancos, com o objectivo de vincular a conta bancária local em patacas.

Os membros participantes do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários manifestaram o seu apoio ao “Easy Transfer” e apresentaram algumas propostas sobre o aumento atempado do limite máximo, o acrescento de outras moedas, a recepção de fundos através de “QR-Code”, a ligação entre a plataforma de pagamentos e a conta única de acesso comum, bem como as suas preocupações relativas ao registo e à transferência, tendo os representantes da AMCM respondido a todas as questões e preocupações e expressado o agradecimento às propostas apresentadas.

Para obter mais informações relativas ao “Easy Transfer”, por favor visite a página específica do “Easy Transfer” da AMCM (https://www.amcm.gov.mo/zh/fps/introduction). Os vídeos de apresentação de operação sobre as “Informações relativas ao registo” e as “Informações relativas à transferência”, bem como um conjunto de perguntas e respostas foram carregados na página temática, sendo que serão publicadas mais informações antes do lançamento dos serviços.

Foto:  A AMCM apresentou os serviços denominados por “Easy Transfer” junto do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários

Foto:  A AMCM apresentou os serviços denominados por “Easy Transfer” junto do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários

Infografia: Questões frequentes sobre o “Easy Transfer” – Versão simplificada



Última revisão: 2021-12-22 15:32:17