A AMCM tem como primeiro objectivo no âmbito da politica monetária, a manutenção da estabilidade monetária e cambial, num contexto de livre circulação de capitais e, convertibilidade total da pataca dada a sua ligação ao dólar de Hong Kong. Para a prossecução destes fins, a AMCM dispõe de dois instrumentos: a taxa de reserva legal e a emissão de bilhetes monetários. A taxa de reserva legal incide em 3% sobre os depósitos à vista (depósitos à ordem e depósitos de poupança), 2% sobre os depósitos a prazo de maturidade até 3 meses e, 1% sobre os depósitos a prazo de maturidade superior a 3 meses. Os bilhetes monetários, têm por objectivo a absorção dos excessos de liquidez em patacas detidos pelo sistema bancário. Os bilhetes monetários emitidos pela AMCM são um instrumento monetário de curto prazo dirigido aos bancos, cujas taxas de rendimento são competitivas face às taxas praticadas no mercado interbancário da RAE de Hong Kong. Adicionalmente, também a AMCM opera swaps de moedas, com o propósito de facilitar ajustamentos de liquidez às instituições de crédito.


Última revisão: 2016-02-02 09:36:24